Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro 5, 2012

Destruir a família é destruir a sociedade...

Oração com os doentes

11 de Fevereiro, Dia Mundial do Doente
Aos de perto e aos de longe... Aos que sofrem no corpo ou no espírito... aos conhecidos e aos desconhecidos... estendemos a mão e o coração. Pode ser muito pouco o que fazemos quando apenas rezamos, mas seguramente, se não o fizéssemos sequer, estaríamos a destruir a fraternidade e os apelos e compromissos que esta palavra traz dentro de si. Rezar é recordarmo-nos uns dos outros, sobretudo do Outro, é saber que não temos o fundamento da vida em nós, mas que nascemos solidários, em relação e em comunhão para a vida inteira... Por isso, aqui fica a nossa oração ao Deus da vida e Senhor de todas as coisas:
Senhor Jesus,
que na Tua vida terrena
revelaste sempre um afecto
de infinita compaixão pelos doentes,
pousa o Teu olhar sobre os que, através do sofrimento,
testemunham a fé no Teu Amor;

concede-me Senhor,
bem como a todos os meus irmãos e irmãs doentes,
pessoas idosas, deficientes,
ou que sofreram algum acidente,
e também àqueles que os tratam,
a…

Conclusões da VII Jornada da Família ESPERANÇAS DA FAMÍLIA

Tudo começou com a afirmação de que não nos podemos mais deixar enganar por equívocos da história, recordando-nos que a família é a forma mais normal de ser Igreja. A família e a sua história fazem a Igreja. A mesa familiar é um lugar de intimidade assim como é a mesa eucarística. Duas solidões não constituem nenhuma história de amor, de vida. Só duas liberdades que se querem e se amam podem fecundar a Igreja e o mundo. Mas amar não como se tivéssemos um sentimento. Amar não é um sentimento. Amar é uma opção, é um querer bem ao outro, é um fazer feliz o outro, mas com um segredo: nada exigir em troca. Por isso casar-se é morrer. Morrer para si e viver para o amado. A cruz é a expressão máxima do "casar-se" de Deus e de Cristo com a humanidade. Por isso casar não é uma celebração bonita, bem preparada, espetacular… o casamento é diário e contínuo… uma pessoa realizada matrimonialmente é uma pessoa que se encontrou, isto é, na sua liberdade, esta pessoa quer aquilo que faz e n…

Mensagem de D. Jorge Ortiga à VII Jornada da Família

Estimadas Famílias de Famalicão, Bem-hajam!
Quando reconhecemos a importância e necessidade duma iniciativa, gostamos de participar ou marcar a nossa presença. Como infelizmente não posso participar fisicamente, uno-me a quantos beneficiam destas VII Jornadas da Família e peço licença para deixar um pensamento. Há determinadas palavras que se usam conforme os momentos. Ultimamente temos procurado sublinhar o valor da Esperança. Como crentes, somos portadores duma mensagem que, alimentando-nos dela, nos ajuda a encarar o futuro com serenidade. Acreditar nesta mensagem, como perene Boa Nova, é a certeza duma esperança que ultrapassa todas as dificuldades, pois alicerça-se na fé que vence o que parece impossível. Procuramos muitas âncoras neste mundo agitado! A fé, como centralidade de Deus na vida, é a garantia de que nunca poderemos ter medo de nada, porque Deus está connosco. Possuídos por esta esperança, podemos saber que outras esperanças não são adquiridas ou sonhos vazios. Em muitos …

A família cristã vive hoje num mundo diferente

Caros esposos e esposas Estimadas FAMÍLIAS! Muito boa tarde!

Uma jornada da Família. A Sétima Jornada sobre a família. Será uma insistência desmedida, descontextualizada, ultrapassada? Alguns dirão que sim. Dirão que a família já não é o que era nem voltará a ser… dirão ainda: porquê insistir na tecla família, porquê o tradicional, quando vivemos tempos novos, desafiadores, pedindo novas estruturas humanas e sociais? E de indignação em indignação profetizam a desgraça, o pessimismo… a derrota. E desta revolta nasce o desespero, a frustração, o sem sentido, a banalização… a indiferença e o descrédito de tudo e de todos. E a lutas já não são por causas mas por coisas. As lutas transformam-se em subjetivismos e em relativismos… a fraternidade, a verdade e a caridade deixam de ser bandeiras para passarem a ser obstáculos. Uma jornada da Família. A Sétima Jornada sobre a família cristã. Será uma insistência desmedida, descontextualizada, ultrapassada? Definitivamente não. A jornada da famíli…