Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Família: um projecto de vida - XIII Jornada da Família

“Senta-te aqui comigo! Vamos conversar sobre a nossa vida...” Disse o amado à sua amada! Ela sentou-se curiosa. E percebendo que ele a olhava como nunca, estendeu um sorriso largo, de abertura ao que dissesse. “Sabes o que é que eu mais gostava!? Sabes qual é meu sonho!?”
Mensagens recentes

Igrejas criam marca “Igreja Verde” e querem conversão ecológica - França

Cada comunidade é convidada a preencher no sítio um eco diagnóstico, que inclui uma centena de questões ,permitindo ao grupo situar as suas práticas no caminho da "conversão ecológica".

A resposta de Braga aos recasados

A arquidiocese de Braga - apesar da sua história milenar e de muitas vezes ser considerada conservadora e até retrógrada - está a ser pioneira ao olhar de frente para os problemas da família, em particular para os dos divorciados a viver numa nova união civil.

Amor sem penitência e espírito de sacrifício é um corpo sem coluna vertebral

«Na ascese aprende-se a cobrir com um véu piedoso os defeitos dos outros e a cobrir com um véu de modéstia as nossas glórias. Aprende-se que o cristão tem um só inimigo que deve temer: ele próprio. E que o seu primeiro problema deve ser encerrado nestas cinco palavras: exame de consciência, dor, resolução, acusação, penitência.»

As leigas não existem só para obedecer

Quando se fala de colaboração com os leigos, na vida da Igreja, fala-se sobretudo de mulheres.

Pais amigos ou uns amigos que são os pais

O papel de “pai/mãe” está para além do papel de amigo e seria desejável que não tivéssemos grandes dúvidas sobre isto...

"Construir a casa sobre a rocha": um comentário sobre a Carta Pastoral do Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga

Na sequência das indicações do Papa Francisco, na sua Exortação Apostólica Amoris Laetitia, a Arquidiocese de Braga publicou uma Carta Pastoral, intitulada Construir a Casa sobre a Rocha, com propostas bastante desenvolvidas, relativamente à vida concreta das famílias e à sua relação com a vida eclesial, com um longo anexo recheado de sugestões práticas pormenorizadas, para a aplicação das ideias gerais da Exortação papal, respeitantes ao “processo de acompanhamento, discernimento e integração de pessoas divorciadas em nova união civil”.